rss

Comunicado sobre os cidadãos americanos detidos injustamente no Irã

Español Español

CASA BRANCA
Gabinete do Secretário de Imprensa
PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA
21 de julho de 2017

O presidente Donald J. Trump e seu governo estão redobrando os esforços a fim de trazer de volta para casa todos os americanos detidos injustamente no exterior. Os Estados Unidos condenam aqueles que prendem reféns e países que continuam a fazer reféns e deter nossos cidadãos sem uma causa justa ou um devido processo.

Há cerca de 40 anos, o Irã usa detenções e a apreensão de reféns como uma ferramenta de política estatal, uma prática que continua até hoje, com a recente condenação de Xiyue Wang a dez anos de prisão. O Irã é responsável pela assistência e pelo bem-estar de todos os cidadãos estadunidenses sob sua custódia. O presidente Trump apela que o Irã devolva Robert Levinson, mantido [em cativeiro] há mais de 10 anos, e exige que o Irã liberte Siamak e Baquer Namazi, tomados durante o governo Obama, além de todos os outros cidadãos americanos detidos injustamente pelo Irã. O presidente Trump está preparado para impor novas e sérias consequências ao Irã, a menos que todos os cidadãos americanos presos sejam libertados e devolvidos.

###


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.