rss

Assembleia Nacional Constituinte ilegítima da Venezuela

Français Français, Español Español, العربية العربية

DEPARTAMENTO DE ESTADO DOS EUA
Gabinete da Porta-Voz
Para divulgação imediata
COMUNICADO DE HEATHER NAUERT, PORTA-VOZ
3 de agosto de 2017

Os Estados Unidos consideram a Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela o produto ilegítimo de um processo fraudulento planejado pelo ditador Maduro para atacar ainda mais a democracia.

O processo foi manipulado desde o início, desde a maneira irregular com que a eleição foi decretada até a recusa do governo a permitir que os eleitores rejeitem planos de reescrever a constituição. O próprio pleito foi planejado para preencher a Assembleia Nacional Constituinte com indivíduos leais a Maduro. Em um país que sofre de desnutrição, o regime ameaçou que aqueles que não votassem perderiam o acesso a alimentos, os benefícios de pensões ou o emprego. Finalmente, a eleição não contou com uma observação internacional de credibilidade

Os Estados Unidos não reconhecerão a Assembleia Nacional Constituinte. Como o secretário Tillerson disse nesta semana: “Nós estamos avaliando todas as nossas opções políticas com relação ao que podemos fazer para criar uma mudança nas condições, onde Maduro decidiria que não tem futuro e sairia por vontade própria ou nós poderíamos fazer os processos governamentais retornarem à constituição”.

###


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.