rss

Declaração sobre o aniversário do ataque sírio com armas químicas de 2013

العربية العربية, English English, Français Français, हिन्दी हिन्दी, Español Español, اردو اردو

Casa Branca
Gabinete do Secretário de Imprensa
Para divulgação imediata
21 de agosto de 2017
Hoje, é o 4º aniversário do ataque mortal com armas químicas do regime sírio que matou mais de 1.400 pessoas do subúrbio de Ghouta, em Damasco. Este trágico acontecimento precipitou um esforço internacional que levou à destruição de mais de 1.000 toneladas métricas de armas químicas sírias. Ainda assim, em 4 de abril deste ano, Assad provou, sem dúvida, que ainda possui essas armas hediondas e está disposto a usá-las contra civis inocentes.

É fundamental que a comunidade internacional não esqueça estes trágicos acontecimentos. Devemos falar em uma só voz e agir com o objetivo para assegurar que o regime sírio, e qualquer outro ator que contemple o uso de armas químicas, compreendam que isso irá resultar em graves consequências. Como o presidente deixou claro, os Estados Unidos farão sua parte para evitar o uso ou a propagação dessas armas. Juntamente com tantas outras nações que assinaram a Convenção sobre Armas Químicas, nós nos comprometemos a trabalhar juntos para criar um mundo sem armas químicas.

Hoje é um dia apropriado para lembrar a importância desse compromisso. Reiteramos nosso apelo para que todos os países permaneçam juntos e não deixem dúvidas de que o uso de armas químicas não será tolerado.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.