rss

Os Estados Unidos deixam a Organização da Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, UNESCO

Français Français, English English, العربية العربية, हिन्दी हिन्दी, Русский Русский, Español Español, اردو اردو

Departamento de Estado dos EUA
Gabinete da porta-voz
Para distribuição imediata
Declaração de Heather Nauert, porta-voz
12 de outubro de 2017

 

Em 12 de outubro de 2017, o Departamento de Estado notificou a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova, da decisão dos EUA de retirar-se da Organização e estabelecer uma missão de observação permanente para a UNESCO. Esta decisão não foi bem recebida e reflete as preocupações dos Estados Unidos com o aumento das dívidas na UNESCO, a necessidade de reformas fundamentais na Organização e o viés anti-Israel na UNESCO.

Os Estados Unidos indicaram à diretora-geral o desejo de permanecerem envolvidos com a UNESCO como Estado observador não-membro, a fim de contribuir com os pontos de vista, as perspectivas e a experiência dos EUA em algumas das questões importantes da Organização, incluindo a proteção do patrimônio mundial, defendendo as liberdades da imprensa e promovendo a colaboração científica e a educação.

De acordo com o artigo II (6) da Constituição da UNESCO, a retirada dos Estados Unidos entrará em vigor em 31 de dezembro de 2018. Os Estados Unidos continuarão a ser membros da UNESCO até esse momento.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.