rss

Situação do Programa de Admissão de Refugiados nos EUA

English English, العربية العربية, Français Français, हिन्दी हिन्दी, Русский Русский, Español Español, اردو اردو

Departamento de Estado dos EUA
Gabinete da Porta-voz
Para divulgação imediata
Ficha Informativa
24 de outubro de 2017

 
 

Tendo como base a Seção 6(a) da Ordem Executiva 13780, “Proteção da Nação contra Entrada de Terroristas Estrangeiros nos EUA”, o governo dos EUA realizou uma revisão, de 120 dias, do Programa de Admissão de Refugiados nos EUA (USRAP) para identificar e implementar processos adicionais de triagem com o objetivo de manter a segurança do povo americano.

Como resultado, o Presidente emitiu uma nova Ordem Executiva que prevê a retomada geral do USRAP.

Conquanto o Departamento de Estado, o Departamento de Segurança Interna e o Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional tenham determinado conjuntamente que os melhoramentos no rastreamento e na triagem do USRAP são, no geral, adequados para garantir a segurança e o bem-estar dos EUA e, consequentemente, o Secretário de Estado e o Secretário de Segurança Interna possam retomar aquele programa, eles também concluíram que uma revisão aprofundada adicional é necessária em relação a refugiados de 11 nacionalidades, que foram identificados previamente como representantes potenciais de um risco maior para os EUA. As admissões dos solicitantes dessas 11 nacionalidades, potencialmente de maior risco, terão reinício na base caso-a-caso durante o período de 90 dias da nova revisão.

Para os membros da família de refugiados que desejam “seguir para unir-se” aos que já foram reassentados nos EUA, as medidas de segurança adicionais também devem ser implementadas em relação à todas as nacionalidades. As admissões, tipo “seguir para unir-se” a refugiados, terá reinício uma vez tais melhorias tenham sido implementadas.

Os EUA continuarão a reassentar mais refugiados que qualquer outro país no mundo, e continuaremos a oferecer proteção para os refugiados mais vulneráveis, enquanto mantendo a segurança e proteção do povo americano. Os EUA continuam sendo líder mundial na assistência humanitária para refugiados e pessoas deslocadas, propiciando mais de US$8 bilhões no Ano Fiscal de 2017.

Para mais informações, por favor contatar o [email protected].


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.