rss

Declaração do Secretário Tillerson – Dia Internacional dos Direitos Humanos

English English, العربية العربية, Français Français, हिन्दी हिन्दी, Русский Русский, Español Español, اردو اردو

Departamento de Estado dos Estados Unidos
Gabinete da Porta-voz
Para publicação imediata
10 de dezembro de 2017

 

 

Depois da II Guerra Mundial – há sessenta e nove anos – a Assembleia Geral da ONU adotou a Declaração Universal dos Direitos Humanos reconhecendo e enaltecendo a dignidade inerente e os direitos iguais e inalienáveis de todos os indivíduos, reconhecendo também que esses direitos são a base da liberdade, justiça e da paz no mundo.

A Declaração Internacional dos Direitos Humanos é um farol de esperança para pessoas que estão sendo afetadas ou deslocadas como resultado dos conflitos internos em seus países, ou para aqueles que estão lutando contra governos opressivos e sendo explorados para benefício de outros. A defesa dos direitos humanos e da democracia é uma prioridade de política externa que reflete as melhores tradições do nosso país.

Comemorando o Dia Internacional dos Direitos Humanos, renovamos nosso compromisso com nossos valores democráticos fundamentais, e com a defesa dos direitos humanos, a liberdade e a dignidade de todas as pessoas. Os Estados Unidos conclamam todos os outros países a respeitarem o compromisso consagrado pela Declaração Universal dos Direitos Humanos e a aplicá-los de forma homogênea para todos. O mundo é mais seguro quando todas as pessoas puderem exercer o seu potencial integral, e quando todas as nações estiverem livres da tirania.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.