rss

Declaração da Secretária de Imprensa sobre os ataques da Rússia e do regime sírio no leste de Goutha

English English, العربية العربية, Français Français, हिन्दी हिन्दी, Español Español, اردو اردو, Русский Русский

Casa Branca
Gabinete da Secretária de Imprensa
Para divulgação imediata
4 de março de 2018

 
Os Estados Unidos condenam a atual ofensiva militar que o regime de Assad, com o apoio da Rússia e do Irã, vem executando contra o povo do leste de Ghouta. Depois de ter, repetidamente, causado o atraso na aprovação da Resolução 2401 do Conselho de Segurança das Nações Unidas (UNSCR), que exige um cessar-fogo de 30 dias na Síria, a Rússia decidiu ainda ignorar as disposições da mesma, matando civis inocentes e fazendo alegações falsas sobre uma suposta operação de combate ao terrorismo. Trata-se da mesma combinação entre mentiras e força indiscriminada, da Rússia e do regime sírio, utilizada para isolar e destruir Aleppo em 2016, onde milhares de civis foram mortos.

Entre os dias 24 e 28 de fevereiro, aeronaves militares russas executaram pelo menos vinte missões diárias de bombardeios em Damasco e no leste de Ghouta, partindo da base aérea de Humaymim na região noroeste da Síria. As forças que favorecem o regime devem, imediatamente, cessar a campanha de ataques brutais contra a infraestrutura médica e contra a população civil no leste de Ghouta. O mundo civilizado não pode mais tolerar a continuação do uso de armas químicas pelo regime de Assad. O regime de Assad e seus apoiadores em Moscou e Teerã precisam aderir à UNSCR 2401, encerrando as hostilidades no leste de Ghouta e na região periférica, permitindo a entrega irrestrita de suprimentos humanitários aos quase 400 mil civis inocentes em situação crítica.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.