rss

Declaração feita por Heather Nauert – Responsabilizando a Rússia por sua conduta desestabilizadora

English English, العربية العربية, Français Français, हिन्दी हिन्दी, Русский Русский, Español Español, 中文 (中国) 中文 (中国), اردو اردو

Departamento de Estado dos Estados Unidos
Gabinete da porta-voz
Para divulgação imediata
Declaração feita por Heather Nauert, porta-voz
26 de março de 2018

 
Em 4 de março, a Rússia empregou um agente nervoso de uso militar em uma tentativa de assassinar um cidadão britânico e sua filha, em Salisbury. Este ataque ao nosso aliado, o Reino Unido, colocou inúmeras vidas inocentes em risco e resultou em três pessoas sendo gravemente feridas, incluindo um policial. Em resposta a esta violação ultrajante da Convenção sobre Armas Químicas, e transgressão às leis internacionais, hoje os Estados Unidos irão expulsar 48 oficiais russos que servem na missão bilateral da Rússia aos Estados Unidos. Também exigiremos que o governo russo feche seu Consulado Geral em Seattle até 2 de abril de 2018. Tomamos essas medidas para demonstrar nossa inabalável solidariedade com o Reino Unido e para impor sérias consequências à Rússia por suas contínuas violações às normas internacionais.

Separadamente, iniciamos o processo de expulsão de 12 agentes de inteligência da Missão Russa para as Nações Unidas, que abusaram do privilégio de residir nos Estados Unidos.

Os Estados Unidos invocam à Rússia que assuma a responsabilidade por suas ações e demonstre ao mundo que é capaz de cumprir seus compromissos e responsabilidades internacionais como membro do Conselho de Segurança da ONU para defender a paz e a segurança internacional.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.