rss

Todas As Sanções Suspenas Pelo Inacitável Acordo Nuclear Do Irã São Reinstaburadas Pelo Presidente Donald J. Trump

العربية العربية, English English, Français Français, हिन्दी हिन्दी, Русский Русский, Español Español, اردو اردو

A Casa Branca
2 de novembro de 2018

 

Os Estados Unidos lançaram uma campanha de pressão econômica para negar ao regime os fundos necessários para avançar sua agenda sanguinária.” – Presidente Donald J. Trump

REIMPOSIÇÃO DE TODAS AS SANÇÕES O presidente Trump está reinstaurando as mais pesadas sanções já impostas contra o Irã, visando muitos dos setores críticos do regime corrupto.

  • O dia 5 de novembro de 2018, marcará a reimposição completa, pelos Estados Unidos, de todas as sanções que haviam sido suspensas durante o desastroso acordo nuclear do Irã.
    • Junto das sanções, as medidas sem precedentes tomadas pelo Governo Trump serão as mais severas sanções já impostas contra o regime do Irã.
  • As sanções visam setores críticos da economia do Irã, como seus setores de energia, transporte marítimo, construção naval e financeiro.
    • Mais de 700 indivíduos, entidades, embarcações e aeronaves serão reinseridos na nossa lista de sanções, inclusive importantes bancos iranianos, exportadoras de petróleo e companhias de transporte marítimo.
    • As sanções visam também as transações com o Banco Central do Irã, e com instituições financeiras iranianas designadas.
    • O comércio de alimentos, de mercadorias agrícolas, de medicamentos e de instrumentos médicos, com o Irã, está já há muito tempo isento das nossas sanções—e assim permanecerão—.
  • A reimposição das sanções eliminará as rendas que o regime utiliza para financiar grupos terroristas, promover a instabilidade mundial, financiar programas nucleares e de mísseis balísticos, e enriquecer seus líderes.

A DECISÃO SERÁ APLICADA DE FORMA COMPLETA: O presidente Trump continuará a se opor às agressões do regime iraniano, e aplicará de forma completa as sanções reinstauradas.

  • O Governo Trump pretende aplicar de forma completa todas as sanções que os Estados Unidos impuseram contra o Irã, visando também àqueles que tentarem transgredir ou evadir às mesmas.
    • Aqueles que falharam no processo de arrefecimento das atividades sancionáveis com o Irã correm o risco de serem afetados por severas consequências.
  • O Governo já emitiu 19 rondas de sanções, designando 168 pessoas envolvidas com o Irã.
    • Esses indivíduos foram visados devido ao seu envolvimento no apoio ao terrorismo, aos programas de mísseis balísticos, abusos aos direitos humanos, atividades criminosas e outras práticas iranianas.
  • As exportações iranianas de petróleo sofreram uma queda de aproximadamente um milhão de barris por dia, a partir do pico em junho, e mais de vinte países já reduziram a zero suas importações de petróleo iraniano.
    • O Governo está pressionando outros importadores a que reduzam a zero o mais rápido possível.
    • Estamos oferecendo menos exceções às sanções do que o governo anterior.

A GARANTIA DE ESTABILIDADE NOS MERCADOS DE PETRÓLEO: Os Estados Unidos acreditam que os mercados de energia continuarão bem supridos, apesar da redução das exportações iranianas.

  • De agosto de 2017 a agosto de 2018, a produção de petróleo cru dos Estados Unidos obteve um crescimento de 2,1 milhões de barris por dia, e as exportações cresceram em mais de 700 mil barris por dia, corroborando com a liquidez do mercado.
  • No próximo ano, a produção dos Estados Unidos aumentará em um milhão de barris por dia, ou mais.
    • Estamos trabalhando ao lado de produtores de petróleo em todo o mundo para que também aumentem suas produções.
  • Como resultado desse aumento na produção, analistas respeitados como a Administração de Informação de Energia dos Estados Unidos preveem que o suprimento global de petróleo manterá o mesmo ritmo que a demanda no final de 2018, e excederá a demanda em 2019.

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.