rss

O secretário Pompeo viaja ao Brasil e à Colômbia para fortalecer a prosperidade, a segurança e a democracia

Facebooktwittergoogle_plusmail
English English, Español Español

Escritório da Porta-Voz
Para Divulgação Imediata
28 de dezembro de 2018

INFORMATIVO

O secretário Pompeo viaja ao Brasil e à Colômbia para fortalecer a prosperidade, a segurança e a democracia

  • O secretário Pompeo está liderando uma delegação presidencial ao Brasil para a cerimônia de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro, um líder que tem demonstrado interesse em laços mais estreitos com os Estados Unidos e nossos aliados regionais.
  • Nós acolhemos essa oportunidade para forjar uma parceria próxima e abrangente com a democracia mais populosa da América do Sul e a oitava maior economia do mundo. A nossa estreita cooperação tem o potencial de tornar nossos países mais prósperos e mais seguros. Juntos, apoiaremos a democracia em todo o Hemisfério Ocidental.
  • A viagem do secretário a Cartagena, na Colômbia, para encontrar com o presidente Ivan Duque aprofunda a nossa parceria com a Colômbia sobre os objetivos compartilhados, incluindo a construção de um hemisfério mais próspero e mais seguro.

AUMENTANDO A PROSPERIDADE ECONÔMICA

  • Como as duas maiores economias na região, com aproximadamente 100 bilhões de dólares no comércio bilateral por ano, este novo capítulo na democracia do Brasil apresenta-se como uma oportunidade histórica para mais prosperidade no relacionamento bilateral entre os Estados Unidos e o Brasil.
  • Os Estados Unidos tiveram um superávit no comércio de bens com o Brasil de 7,8 bilhões de dólares em 2017. Nós procuraremos aumentar o comércio e os investimentos entre os nossos países, incluindo o aumento de oportunidades para negócios americanos em tecnologia, defesa e agricultura.
  • Nós aplaudimos o presidente eleito Bolsonaro por erguer-se em nome da soberania brasileira diante do comércio predatório e das práticas de crédito da China.
  • A visita do secretário à Colômbia expandirá os sucessos mútuos de nossos países no contexto do Acordo de Promoção do Comércio EUA-Colômbia, que dobrou as exportações agrícolas americanas para 2,53 bilhões de dólares em 2017 de aproximadamente 1,3 bilhão de dólares em 2011.

DEFENDENDO E FORTALECENDO A DEMOCRACIA

  • As recentes eleições livres e justas no Brasil demonstram a estabilidade e a integridade das instituições democráticas do país.
  • Como as duas maiores democracias no hemisfério, a nossa parceria está baseada em valores compartilhados e compromissos com a democracia e o Estado de direito, a segurança pública, a educação e os direitos humanos.
  • Os Estados Unidos trabalharão com o Brasil para apoiar os povos da Venezuela, Cuba e Nicarágua que lutam para viver em liberdade contra regimes repressivos. Nós acolhemos o compromisso do presidente eleito Bolsonaro de erguer-se contra tiranos.
  • Na Colômbia, o secretário se encontrará com o presidente Ivan Duque, saudará a Colômbia pela assistência aos Venezuelanos que fogem do regime de Maduro e agradecerá ao presidente Duque pelo seu compromisso em aumentar a pressão sobre Caracas no sentido de restabelecer a democracia na Venezuela.

PROMOVENDO A SEGURANÇA GLOBAL E REGIONAL

  • Nós procuramos aprofundar a nossa cooperação com o Brasil e a Colômbia contra o crime organizado transnacional, incluindo o combate às drogas, terrorismo e ameaças à paz e à segurança internacionais como a Coreia do Norte.

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.