rss

Sanções dos EUA contra pessoas e entidades venezuelanas

English English, Español Español

Departamento de Estado dos Estados Unidos
Gabinete da Porta-Voz
Para divulgação imediata
Declaração do Porta-voz adjunto, Robert Palladino
15 de fevereiro de 2019

 

Os Estados Unidos permanecem firmes em seu apoio ao presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, ao governo de transição e ao povo venezuelano. Continuaremos exercendo todo o peso do poder econômico e diplomático dos EUA para pressionar pela restauração da democracia na Venezuela.

Hoje, os Estados Unidos tomaram medidas que dão continuidade à responsabilização de funcionários corruptos do antigo regime ilegítimo de Maduro, impondo sanções contra cinco funcionários, atuais ou antigos, do regime ilegítimo de Maduro. Os funcionários corruptos incluem integrantes das forças de inteligência (SEBIN) da Venezuela patrocinadas pelo regime cubano, a unidade de contraespionagem militar (DGCIM) e a brutal força de ações especiais (FAES). Além disso, os Estados Unidos estão tomando medidas contra o atual presidente da Petróleos de Venezuela, S.A. (PdVSA).

Estas ações somam-se às restrições e revogações de vistos, anunciadas em 7 de fevereiro, de membros da ilegítima Assembleia Constituinte, que usurpou muitos dos poderes constitucionais da legítima Assembleia Nacional, e, às restrições e revogações de vistos de membros do ilegítimo Supremo Tribunal, anunciadas em 13 de fevereiro, por minar a democracia da Venezuela.

Enquanto os Estados Unidos estão responsabilizando determinados funcionários por suas ações para reprimir o povo venezuelano e subverter sua democracia, reiteramos nossos apelos para o reconhecimento de Juan Guaidó como presidente interino e pedimos a todos os funcionários venezuelanas, incluindo as forças armadas e de segurança, para ajudar a restabelecer na Venezuela a democracia que os seus cidadãos exigem e merecem.

As sanções dos EUA não precisam ser permanentes; elas visam alterar o comportamento.  Os Estados Unidos continuarão a tomar as medidas apropriadas para responder à situação na Venezuela à medida que ela se desenvolve.

Para mais informações, o comunicado de imprensa do Departamento do Tesouro pode ser encontrado aqui.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.