rss

Secretário Pompeo visitará Cucutá, na Colômbia, em 14 de abril de 2019

English English

Departamento de Estado dos Estados Unidos
Gabinete da Porta-Voz
Para divulgação imediata
15 de abril de 2019
Folha Informativa


“… Estamos desesperadamente tentando entregar ajuda humanitária ao povo da Venezuela. Estamos empenhados em ajudar a Venezuela e a região a negar a Maduro a oportunidade de praticar esse comportamento agressivo que tem sido tão prejudicial para o povo da Venezuela. Estamos determinados a alcançar esse resultado e estamos otimistas de que podemos chegar lá.”
– Secretário de Estado Mike Pompeo, 22 de março de 2019.

 

Em 14 de abril, o Secretário Pompeo viajou para Cucutá, na Colômbia. Durante sua visita, ele se reuniu com organizações que oferecem apoio a venezuelanos fugindo do opressivo regime de Maduro e avaliou os desafios de entregar a ajuda humanitária na Venezuela, dado o fechamento da fronteira pelo regime entre a Venezuela e a Colômbia. Os Estados Unidos continuam comprometidos em apoiar o povo da Venezuela no seu anseio pela restauração de sua democracia.

  • Os Estados Unidos atenderam ao pedido do presidente interino Juan Guaidó por ajuda humanitária internacional imediata. Entre fevereiro e março de 2019, os Estados Unidos enviaram cerca de 208 toneladas de suprimentos de emergência para Cucutá para ajudar o povo da Venezuela.
  • Os aviões de carga militares C-130 e C-17 dos EUA estão transportando os suprimentos de emergência da Base de Aérea de Homestead, na Flórida, para Cucutá, na Colômbia, como parte da resposta do governo Trump à crise venezuelana.
  • Até o momento os Estados Unidos, junto com os nossos parceiros no hemisfério ocidental, enviaram quase 546 toneladas de assistência para a Colômbia, Brasil e Curaçao para ajudar dezenas de milhares de venezuelanos. A ajuda inclui alimentos, suprimentos médicos, kits de higiene, produtos nutricionais e unidades de purificação e armazenamento de água.
  • Esta ajuda fornecida pelos EUA faz parte dos US$ 20 milhões em ajuda humanitária inicial enviado ao povo dentro da Venezuela, conforme anunciado pelo Secretário Pompeo em 24 de janeiro de 2019.
  • Desde o ano fiscal de 2017, os Estados Unidos também forneceram mais de US$ 256 milhões, incluindo mais de US$ 213 milhões em assistência humanitária e cerca de US$ 43 milhões em desenvolvimento e assistência econômica, para complementar os esforços dos países de acolhimento na região para atender às necessidades humanitárias dos refugiados venezuelanos.
  • O presidente interino Juan Guaidó e a Assembleia Nacional da Venezuela estão dando prioridade para a necessidade de assistência humanitária imparcial em grande escala para os venezuelanos vulneráveis. Os Estados Unidos continuarão atendendo este pedido e apoiando a transição pacífica para a democracia em curso na Venezuela.

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.