rss

Sanções dos EUA contra Nicolas Maduro Guerra

English English, Español Español, Русский Русский, Français Français

Departamento de Estado dos Estados Unidos
Gabinete da Porta-Voz
Para Divulgação Imediata
Nota para a Imprensa
28 de junho de 2019 

 

Hoje, os Estados Unidos impuseram sanções contra o filho de Nicolas Maduro, Nicolas Ernesto Maduro Guerra (Maduro Guerra), por seu papel como funcionário do ilegítimo regime de Maduro, segundo a Ordem Executiva 13692.

Maduro Guerra é membro da ilegítima Assembleia Nacional Constituinte, um órgão estabelecido por seu pai para minar a Assembleia Nacional democraticamente eleita e consolidar um regime brutal. Em 2014, Maduro Guerra também foi nomeado pelo pai para chefiar o Corpo de Inspetores da Presidência da República.

Essa ação demonstra que os Estados Unidos continuarão a responsabilizar funcionários do regime ilegítimo de Maduro pela opressão ao povo venezuelano, o roubo de recursos da Venezuela e as políticas desastrosas que criaram condições de vida insuportáveis ​​em todo o país. Enquanto Nicolas Maduro, sua família e associados continuam desfrutando de vidas de luxo, o povo venezuelano sofre e milhões foram forçados a fugir de suas casas.

As sanções dos EUA não precisam ser permanentes. Elas são destinadas a provocar uma mudança positiva de comportamento.

Os Estados Unidos incitam todas as nações a aumentarem a pressão econômica e diplomática sobre Maduro e seus associados corruptos. Continuamos ao lado do povo da Venezuela, do presidente interino Juan Guaido e da Assembleia Nacional, enquanto continuam sua luta pela liberdade e prosperidade.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.