rss

Os Estados Unidos impõem Pressão Máxima ao Antigo Regime de Maduro

Español Español, English English

Declaração para a Imprensa
Michael R. Pompeo, Secretário de Estado
6 de agosto de 2019

 

Em 5 de agosto, o presidente dos Estados Unidos assinou uma Ordem Executiva bloqueando todas as propriedades e os juros sobre propriedades do governo da Venezuela localizadas nos Estados Unidos e que, depois disso, encontram-se nos Estados Unidos ou que estão ou depois disso encontram-se em posse ou sob controle de qualquer pessoa dos Estados Unidos. Essa Ordem Executiva está designada para atingir diretamente o antigo regime Maduro e aqueles que o apóiam, ao mesmo tempo em que isenta transações relacionadas à atividade humanitária, incluindo a provisão de artigos como alimentos, roupas e medicamentos destinados a serem usados para aliviar o sofrimento humano. A OFAC emitiu simultaneamente uma licença geral autorizando transações com o presidente interino Juan Guaido, a Assembleia Nacional e pessoas apontadas ou designadas por Guaido.

Ao mesmo tempo em que isso não é um embargo, esta ação significativa é em resposta a uma usurpação contínua de poder por Maduro e pelas pessoas associadas a ele, do legítimo governo interino do presidente interino Guaido bem como aos abusos de direitos humanos, incluindo assassinatos extrajudiciais, tortura, prisões arbitrárias e detenções de cidadãos venezuelanos, interferência na liberdade de expressão, inclusive de membros da mídia e tentativas contínuas para enfraquecer o presidente interino Guaido e o exercício de autoridade legítima na Venezuela da democraticamente eleita Assembleia Nacional.

A repressão de venezuelanos por Maduro em combinação com a corrupção e a má gestão por seu governo ilegítimo, impactou dramática e negativamente a qualidade de vida dos cidadãos médios, que não têm acesso a alimentos, água, medicamentos e eletricidade, causando um dos piores desastres humanitários no mundo moderno.

Juntos, com os nossos parceiros democráticos na região e ao redor do mundo, os Estados Unidos erguem-se juntamente ao presidente interino Guaido, à democraticamente eleita Assembleia Nacional e ao povo da Venezuela que buscam a restauração da ordem constitucional e da democracia de seu país.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.