rss

DISCURSO SOBRE O ESTADO DA UNIÃO DO PRESIDENTE DONALD J. TRUMP PARA O CONGRESSO DOS ESTADOS UNIDOS

हिन्दी हिन्दी, English English, العربية العربية, Français Français, Русский Русский, Español Español, اردو اردو, 中文 (中国) 中文 (中国)

CASA BRANCA
Escritório do Secretário de Imprensa
Washington, DC
4 de fevereiro de 2020

[Trechos relacionados à política externa]

*             *             *             *

Uma das maiores promessas que fiz ao povo americano foi substituir o desastroso acordo comercial do Nafta. De fato, o comércio desleal é talvez o maior motivo pelo qual decidi concorrer à Presidência. Após a adoção do Nafta, nossa nação perdeu um em cada quatro empregos da indústria de produtos manufaturados. Muitos políticos chegaram e saíram, se comprometendo a mudar ou substituir o Nafta – apenas para isso e, em seguida, absolutamente nada aconteceu. Mas, diferentemente de tantos que vieram antes de mim, mantenho minhas promessas. Fizemos nosso trabalho. Seis dias atrás, substituí o Nafta e assinei o novo Acordo EUA-México-Canadá (USMCA).

O USMCA criará aproximadamente 100 mil novos empregos com altos salários na indústria automobilística, e aumentará enormemente as exportações para nossos agricultores, pecuaristas e operários do setor industrial. O acordo também levará o comércio com o México e o Canadá para um nível muito mais alto, mas também para um nível muito maior de justiça e reciprocidade. Nós teremos isso. Justiça e reciprocidade. E digo isso, finalmente, porque faz muitos anos desde que fomos tratados de maneira justa no comércio. Este é o primeiro grande acordo comercial em muitos anos a ganhar o forte apoio dos sindicatos americanos.

Também prometi a nossos cidadãos que imporia tarifas para enfrentar o roubo em massa de empregos americanos por parte da China. Nossa estratégia funcionou. Dias atrás, assinamos um novo acordo inovador com a China que vai defender nossos trabalhadores, proteger nossa propriedade intelectual, levar bilhões e bilhões de dólares para o Tesouro e abrir vastos novos mercados para produtos fabricados e cultivados aqui nos EUA. Por décadas, a China tem se aproveitado dos Estados Unidos. Agora mudamos isso, mas, ao mesmo tempo, temos talvez a melhor relação que já tivemos com a China, inclusive com o presidente Xi. Eles respeitam o que temos feito, porque, francamente, eles nunca conseguiram acreditar como estavam se saindo impunes com o que estavam fazendo ano após ano, década após década, sem que alguém em nosso país se aproximasse e dissesse: Basta. Agora, queremos reconstruir nosso país e é exatamente isso que estamos fazendo. Estamos reconstruindo nosso país.

Ao restaurarmos a liderança americana em todo o mundo, estamos novamente defendendo a liberdade em nosso hemisfério. É por isso que meu governo reverteu as políticas fracassadas do governo anterior em Cuba. Estamos apoiando as esperanças de cubanos, nicaraguenses e venezuelanos de restaurar a democracia. Os Estados Unidos lideram uma coalizão diplomática de 59 nações contra o ditador socialista da Venezuela, Nicolás Maduro. Maduro é um governante ilegítimo, um tirano que brutaliza seu povo. Mas o domínio da tirania de Maduro será esmagado e rompido. Aqui esta noite está um homem muito corajoso que carrega consigo as esperanças, os sonhos e as aspirações de todos os venezuelanos. Juntando-se a nós no mezanino está o verdadeiro e legítimo presidente da Venezuela, Juan Guaidó. Sr. presidente, por favor, leve esta mensagem de volta para sua terra natal. Obrigado Sr. presidente. Muito obrigado. Por favor, leve esta mensagem. Todos os americanos estão unidos com o povo venezuelano em sua luta justa pela liberdade! Obrigado, muito obrigado, Sr. presidente. Muito obrigado. O socialismo destrói nações. Mas lembrem-se sempre, a liberdade unifica a alma.

*             *             *             *

Para proteger o meio ambiente, dias atrás, anunciei que os Estados Unidos se unirão à Iniciativa Um Trilhão de Árvores, um esforço ambicioso para unir o governo e o setor privado com o objetivo de plantar novas árvores nos Estados Unidos e em todo o mundo.

*             *             *             *

Meu governo empreendeu um esforço sem precedentes para proteger a fronteira sul dos Estados Unidos.

Antes de eu assumir o cargo, se uma pessoa aparecesse em nossa fronteira sul ilegalmente e fosse presa, seria simplesmente liberada para entrar em nosso país para nunca mais ser vista. Meu governo acabou com esse “pega e solta”. Se uma pessoa vier ilegalmente, será imediatamente retirada de nosso país. Muito importante, celebramos acordos de cooperação histórica com os governos de México, Honduras, El Salvador e Guatemala. Como resultado de nossos esforços sem precedentes, as travessias ilegais caíram 75% desde maio – sofreram queda durante 8 meses seguidos. E à medida que o muro sobe rapidamente, as apreensões de drogas aumentam e as passagens pela fronteira estão caindo, e caindo muito rapidamente.

*             *             *             *

Para aproveitar essas conquistas históricas, estamos trabalhando em uma legislação para substituir nosso sistema de imigração desatualizado e randomizado por um baseado no mérito, dando as boas-vindas aos que seguem as regras, contribuem para nossa economia, sustentam-se financeiramente e mantêm nossos valores.

*             *             *             *

Meu governo também está defendendo fortemente nossa segurança nacional e combatendo o terrorismo islâmico radical. Na semana passada, anunciei um plano inovador de paz entre Israel e os palestinos. Reconhecendo que todas as tentativas anteriores fracassaram, precisamos ser determinados e criativos para estabilizar a região e dar a milhões de jovens a chance de ter um futuro melhor.

Três anos atrás, os bárbaros do Estado Islâmico [EI] mantinham mais de 30 mil quilômetros quadrados de território no Iraque e na Síria. Hoje, o califado territorial do EI foi 100% destruído, e o fundador e líder do EI – o assassino sedento de sangue conhecido como Al Baghdadi – está morto!

*             *             *             *

Todos os dias, homens e mulheres militares dos Estados Unidos demonstram as infinitas profundezas do amor que habita o coração humano. Um desses heróis americanos era o sargento do Exército Christopher Hake.

*             *             *             *

O terrorista responsável pela morte do sargento Hake foi Qasem Soleimani, que forneceu a bomba mortal que tirou a vida de Chris na estrada. Soleimani era o algoz mais cruel do regime iraniano, um monstro que matou ou feriu milhares de militares americanos no Iraque. Como o principal terrorista do mundo, Soleimani orquestrou a morte de inúmeros homens, mulheres e crianças. Ele ordenou o ataque de dezembro e continuou a atacar as forças militares americanas no Iraque, e planejava ativamente novos ataques quando o atingimos com muita força. É por isso que, no mês passado, sob minha direção, o Exército dos Estados Unidos executou um ataque de precisão impecável que matou Soleimani e encerrou seu reino maligno de terror para sempre.

Nossa mensagem aos terroristas é clara: vocês nunca escaparão da Justiça americana. Se vocês atacarem nossos cidadãos, perderão a vida!

Nos últimos meses, vimos orgulhosos iranianos levantarem a voz contra seus governantes opressivos. O regime iraniano deve abandonar sua busca por armas nucleares, parar de espalhar terror, morte e destruição e começar a trabalhar para o bem de seu próprio povo. Por causa de nossas poderosas sanções, a economia iraniana está indo muito, muito mal. Podemos ajudá-los a conseguir uma recuperação muito boa e em pouco tempo. Tudo pode acontecer muito rapidamente, mas talvez eles sejam muito orgulhosos ou tolos demais para pedir essa ajuda. Estamos aqui. Vamos ver qual caminho eles escolhem. A decisão é toda deles.

Ao defendermos a vida americana, estamos trabalhando para acabar com as guerras americanas no Oriente Médio.

No Afeganistão, a determinação e o valor de nossos combatentes nos permitiram fazer um tremendo progresso, e as negociações de paz estão em andamento. Não pretendo matar centenas de milhares de pessoas no Afeganistão, muitas delas totalmente inocentes. Também não é nossa função servir outras nações como agentes de aplicação da lei. Estes são os guerreiros, os melhores do mundo, e eles querem lutar para vencer ou simplesmente não lutar. Estamos trabalhando para finalmente acabar com a guerra mais longa dos Estados Unidos e trazer nossas tropas de volta para casa!

*             *             *             *

Obrigado. Que Deus os abençoe. Que Deus abençoe os Estados Unidos da América.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.