rss

A Assistência Económica e Humanitária dos E.U. Impulsionam a Liderança dos E.U. nos Esforços Globais de Resposta Contínua contra a COVID-19

العربية العربية, English English, Français Français, Español Español

COMUNICADO DE IMPRENSA
SECRETÁRIO DE ESTADO, MICHAEL R. POMPEO
5 DE AGOSTO DE 2020

 

Os Estados Unidos continuam a  liderar o mundo na luta contra a COVID-19, agora com 20,5 biliões de dólares disponibilizados pelo Governo dos E.U. para benefício da resposta global. Este esforço incrível, tornado possível pelos generosos contribuintes norte-americanos, inclui financiamento para vacinas, terapêuticas e diagnósticos; esforços de preparação para emergências e financiamento de assistência externa do Departamento de Estado e da USAID.

É com prazer que anuncio quase 53 milhões de dólares em nova assistência humanitária e económica do Departamento de Estado e da USAID par auxílio de pessoas vulneráveis, bem como para países parceiros, para darem continuidade à luta contra a COVID-19 em todo o mundo. Este novo financiamento do Departamento de Estado e da USAID traz só por si mais de 1,6 biliões de dólares, consolidando ainda mais a liderança dos E.U. na resposta global à pandemia.

Desta nova assistência, quase 33 milhões de dólares em assistência humanitária melhorarão a capacidade dos nossos parceiros internacionais e de organizações não-governamentais para fornecimento de água, saneamento e produtos de higiene, melhorarão o apoio aos meios de subsistência e aumentarão o acesso a proteção, serviços de saúde e informação para refugiados, deslocados internos, vítimas de conflitos e comunidades de acolhimento. Com este novo financiamento humanitário, o Departamento de Estado concedeu a totalidade dos 350 milhões de dólares em fundos para Assistência a Migrantes e Refugiados que haviam sido destinados pelo Congresso para a resposta Internacional ao COVID-19.

Este anúncio inclui igualmente 20 milhões de dólares em assistência económica que permitirá aos países parceiros na Ásia, África e outros lidar com alguns dos efeitos secundários da pandemia numa série de setores, incluindo a democracia, direitos humanos, comércio e agricultura.

Além do financiamento direto do Governo dos E.U., foram disponibilizados mais de 4,9 biliões de dólares em doações  e assistência global para a resposta a COVID-19 por parte de empresas privadas norte-americanas, organizações sem fins lucrativos, de caridade e organizações religiosas e indíviduos. Os esforços contínuos dos E.U. face à pandemia da COVID-19 assentam em décadas de liderança norte-americana na assistência externa. Os nossos investimentos em assistência humanitária e de saúde totalizam mais de 140 biliões de dólares nos últimos 20 anos, mais do que qualquer outra nação.


Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.
Atualizações de E-mail
Para se inscrever para atualizações ou acessar suas preferências de assinante, digite abaixo suas informações de contato.